Novidades

Contra capa do nosso primeiro LP

tatoo tuna


TuNa – Dupla Face na MRR

1462970_618624508199382_1084208042_n


Tuna e sua segunda cria!

A gente balança x filhinhx e canta baixinho para elx dormir, não chorar, gritar, fazer barulho.

Mas isso pode ser um lado da história. Imagina que x filhinhx grita, canta, faz barulho, e isso balança a gente. Pode ser um outro lado da história. Plausível, né? Afinal tudo é meio múltiplo mesmo…

E aqui temos uma pequena amostra de nosso filhx, ainda em gestação, mas já posicionado esperando a bolsa romper. Digamos que um ultrassom… Lá de dentro elx já faz a gente balançar, e vai balançar você também, esperamos!

Essx vai dar trabalho, já chutou bastante nossa barriga… e x filhx-da-Tuna já tem nome escolhido: Dupla face.

É esse o nome por vários motivos (motivos também nunca são únicos…): é o segundo disco, tem lado A lado B, traz essa ideia da multiplicidade da realidade e das coisas da vida e porque está arranjado nessa simetria: oito músicas, quatro de cada lado, formando pares que abordam, de pontos de vista diferentes, não necessariamente opostos, mas diferentes, quatro temas, ou quatro temas geradores, porque cada tema tem suas outras faces, que se vão mostrando como a cara e a coroa se mostram enquanto a moeda gira no ar.

No ultrassom já dá pra ter esse gostinho: aparece um parzinho, o que deu origem a essa ideia:

Boas razões pra não queimar gasolina x Boas razões pra queimar gasolina. A primeira  falando da ideia de andar de bike e homenageando xs corajosxs que desbravam o asfalto pondo todo dia a vida em risco nesse mar de carros e gente de lata, a segunda  falando da rede DIY espalhada por aí mundo afora.  Os outros pares são: Setenta por cento de mar x Vem na fé, tio, que a resistência é fértil; La vie em close x Le grand tour e Pelos bigodes de Friedrich Nietzsche x O caldeirão de Sonia Hirsch.

As músicas do primeiro parzinho estão logo abaixo, deem uma conferida e, se apetecer, aguardem o nascimento de Dupla face, na Europa em julho e no Brasil em agosto de 2013. Beijos.


Lançamento do LP – “O Mudo Mundo com a nossa voz”

Em agosto  estaremos lançando um LP, “O Mudo Mundo com a nossa voz”, gravado 06.11 na Fábrica de Sonhos, gravação com o Mudinho na bateria, a quem dedicamos o disco com a maior saudade.

Gravamos o disco em apenas um dia e depois mixamos com Fabiano Passos da Estopim records (Salvador) e Alex de Aracaju.

 

Dia 14 de junho partiremos para uma tour na Europa por 45 dias,  entre aqui e confira mais detalhes da Tour. Selos envolvidos no lançamento: Voce tem que desistir, les nains aussi, chicken’s call, your label!, perce oreille, too circle (japan), dream comes true, entre chien et loup, la distroy, la société pue, crapoulet.

Ao lado a capa do disco feita por Marina Knup.